Afonso Dias

“Há longos anos que a poesia se me colou à vida. Por via das leituras, por via da escrita, por via das canções. E porque a poesia é companhia me é alimento de vida – pois que “pelo sonho é que vamos”- tenho-a partilhado e para ela me tenho esforçado em conquistar adeptos e seduzir amantes. Há muito tempo, portanto, que fiz do exercício poético um magistério, quase um sacerdócio. Raros serão os poetas de língua portuguesa – pelo menos os mais celebrados –, que não me terão já passado pela voz.”
Existe a possibilidade de recitais dedicados exclusivamente às crianças.